Voltar
Radar da inovação

Lar Cooperativa: automatização dos pedidos de ração

Para eliminar problemas com esquecimentos por parte dos avicultores, cooperativa criou sistema que proporciona melhor planejamento de compras.


16/07/2020
Nome da Cooperativa:Lar Cooperativa Agroindustrial
Ramo:Agropecuário
Região:Sul
Palavras-chave:Inovação de processo, intraempreendedorismo, Experiência do usuário
Resumo:

Para eliminar problemas com esquecimentos por parte dos avicultores, cooperativa criou sistema que proporciona melhor planejamento de compras.

RESUMO CARD

A Lar Cooperativa Agroindustrial enfrentava problemas recorrentes relacionados a esquecimentos por parte dos avicultores associados que deixavam de fazer os pedidos de ração dentro dos prazos adequados, o que causava prejuízos à saúde das aves submetidas a jejum. Para resolver a questão, a Lar aplicou ferramentas de inovação e desenvolveu um sistema que automatiza o processo de pedidos.

CONTEXTO

A inovação foi idealizada a partir da dificuldade da Unidade Industrial de Rações de Santa Helena de manter o planejamento de entrega de rações. O pedido, que até então era realizado por parte dos avicultores da Lar, compreendia solicitar data de entrega e quantidade de ração. No entanto, por vezes ocorria o esquecimento por parte do pelo avicultor, o que implicava em pedidos em caráter de urgência.

A incidência de pedidos nessa condição chegava a 100 vezes por semana. As consequências eram alterações no planejamento, pois era importante garantir que os frangos não passassem por jejum inapropriado, o que poderia vir a prejudicar sua condição de saúde.

DESAFIOS

O principal desafio imposto pela proposta de mudança na forma como os pedidos eram realizados dizia respeito à cultura já estabelecida junto aos avicultores. Afinal, eles já estavam bastante acostumados com a metodologia anterior, que lhes proporcionava bastante segurança. Então, foi preciso lidar com o risco de o novo processo proposto não ser aceito pelos avicultores.

Então, para evitar problemas tanto com eventual resistência por parte dos avicultores quanto inerentes ao próprio processo, foram realizados diversos testes ao longo do processo de desenvolvimento da solução de automatização de pedidos de ração. Tudo para garantir que o sistema funcionasse apropriadamente quando entrasse definitivamente em operação.

DESENVOLVIMENTO

O desenvolvimento do processo de automatização de pedidos de ração na Lar Cooperativa Agroindustrial se deu em quatro etapas distintas, sendo elas, respectivamente:

  • Identificação do problema
  • Desenvolvimento do sistema de automação
  • Testes preliminares
  • Implementação gradual da solução

Para o desenvolvimento da primeira etapa, de identificação do problema, a área de inovação da cooperativa, juntamente com a equipe da Unidade Industrial de Rações de Santa Helena, lançou mão de duas ferramentas, o Diagrama de Ishikawa, conhecido também como espinha de peixe ou diagrama de causa e consequência, e o Ciclo PDCA, cuja sigla remete às palavras em inglês Plan, Do, Check, Act. Ou seja, Planejar, Fazer, Avaliar, Agir. A aplicação em conjunto dessas ferramentas permitiu aos responsáveis pela inovação concluir que a raiz do problema era o esquecimento, por parte do avicultor, de fazer o pedido de ração com tempo hábil.

Uma vez que o problema foi diagnosticado, chegou o momento de, em parceria com a área de TI da Lar, elaborar um sistema de automação para emissão dos pedidos de ração. Nesse caso, o critério utilizado para a automação foi baseado no desenvolvimento de uma tabela de pedidos. Para tanto, foi realizado um trabalho em conjunto com a área de Fomento Avícola. Essa tabela faz o cruzamento entre os dados de programação e de consumo de ração.

A penúltima etapa de desenvolvimento da solução consistiu na realização de testes, com apoio da equipe da Unidade Industrial de Rações de Santa Helena, que foram endereçados junto a 20 aviários. Após a constatação de que o sistema apresentava a eficiência esperada, então deu-se início à última fase do projeto de inovação. Esta dedicada à inclusão gradativa dos aviários até alcançar o patamar atual de 98% da quantidade total de avicultores atendidos.

RESULTADOS

Após a implementação do novo processo, baseado no sistema que faz a automação dos pedidos de ração para os avicultores, a Lar Cooperativa Agroindustrial constatou resultados positivos em diversas frentes.

Houve, por exemplo, uma redução de 90% na quantidade de ligações direcionadas aos pedidos de ração. Isso, por si só, implica em otimização de tempo e do trabalho de maneira geral para a cooperativa. Dessa maneira, foi possível direcionar os esforços dos colaboradores anteriormente envolvidos com os pedidos para outras atividades do processo. Da mesma maneira, portanto, a adoção do sistema garante mais comodidade ao avicultor, que não precisa se preocupar com os pedidos e nem mesmo dedicar tempo e esforços para fazer as solicitações periódicas de ração.

Indiretamente, foram registrados, ainda, resultados de melhoria da condição zootécnica das aves devido à continuidade na alimentação.

PRÓXIMAS INICIATIVAS

Após o sucesso absoluto na implantação do sistema que proporciona a automatização do processo de pedido de ração por parte dos avicultores, a Lar Cooperativa Agroindustrial planeja ampliar ainda mais a oferta de soluções.

O primeiro objetivo almejado, então, é o de atingir a marca de 100% dos aviários atendidos pelo processo de pedido automático.

Além disso, uma etapa posterior ao atendimento integral dos avicultores é expandir o sistema para outras culturas. Assim, a Lar Cooperativa tem como meta abranger também os associados da suinocultura.

Contato do responsável:

Jessie Shiraishi

Gestão da Inovação da Lar Cooperativa Agroindustrial

gestao.inovacao@lar.ind.br

Conteúdo desenvolvido
em parceria com

Coonecta