Voltar
Radar da inovação

Unifop: plataforma viabiliza atendimento de saúde na cooperativa

Adoção da solução permitiu não apenas a manutenção, mas a expansão do atendimento para outros pacientes, independentemente da sua localização

18/12/2020
Nome da Cooperativa:Unifop - Cooperativa de Trabalho e Saúde
Ramo:Saúde
Região:Sudeste
Palavras-chave:Inovação de processo, transformação digital, Experiência do usuário, intercooperação
Resumo:

A pandemia de Covid-19 inviabilizou, do dia para a noite, o atendimento presencial por parte dos profissionais de saúde cooperados à Unifop. Para contornar a situação, garantindo a segurança das pessoas e o faturamento da cooperativa, foram feitos investimentos em tecnologia para criar o canal de telessaúde. Os resultados foram a retomada dos atendimentos e o ganho de possibilidade de expansão geográfica da base de clientes.

CONTEXTO

Todos os atendimentos feitos por profissionais da Unifop eram realizados de forma convencional. Ou seja, presencial, em consultório. No entanto, quando a pandemia começou, todas as atividades presenciais que aconteciam nas dependências relacionadas à cooperativa tiveram que ser suspensas de imediato. Ou seja, com praticamente nenhum tempo hábil para se desenvolver uma alternativa que permitisse à cooperativa manter seu faturamento.

A nova situação imposta afetaria de forma drástica a saúde financeira da cooperativa, o que demandava o desenvolvimento de uma solução que permitisse manter as consultas sem colocar em risco a saúde dos profissionais envolvidos e dos pacientes.

DESAFIOS

Dentre os principais desafios enfrentados no processo de desenvolvimento e implantação da telessaúde na Unifop estava a integração da plataforma de teleatendimento escolhida com os planos de saúde e as cooperativas de saúde associadas.

Mais do que apenas viabilizar a tecnologia que permitisse a implantação da telessaúde, o que já era um desafio bastante significativo, a intenção da Unifop era promover também a intercooperação. A Unifop não pôde contar com nenhum tipo de abertura nesse sentido por parte dos planos e cooperativas de saúde associadas.

DESENVOLVIMENTO

O projeto nasceu tendo como objetivo principal permitir que os profissionais da cooperativa Unifop pudessem realizar consultas on-line por meio da plataforma de teleatendimento. Assim, quando do início da pandemia de Covid-19 e da respectiva liberação por parte da ANS (Agência Nacional de Saúde) para que pudessem ser realizadas consultas on-line, a Unifop encarou a missão de proporcionar a conexão entre pacientes e profissionais de saúde de forma rápida, segura e com total privacidade dos dados.

A iniciativa foi baseada em um projeto de intercooperação. Isso porque a elaboração e todo o desenvolvimento da ferramenta que é utilizada pela Unifop e que viabiliza os atendimentos a distância foram feitos em parceria com a Libre Code.

Esta parceria se deu por conta de uma iniciativa que o Sescoop/RJ tem promovido periodicamente chamada “Balcão de Negócios”. A finalidade dessa iniciativa é justamente promover a intercooperação, e foi esse canal que viabilizou a parceria firmada entre a Unifop e a Libre Code.

O desenvolvimento da tecnologia foi feito de forma totalmente remota, que é o modelo adotado pela Libre Code desde a sua constituição. Assim, além de toda a infraestrutura tecnológica, a Libre Code ficou responsável por fazer todo o ciclo de treinamentos aos profissionais da Unifop e prestar o suporte técnico necessário para o pleno uso da plataforma.

RESULTADOS

O resultado mais evidente da iniciativa foi a viabilização do atendimento a distância para os pacientes cooperados à Unifop, proporcionando a continuidade de tratamentos e também do faturamento por parte dos profissionais e da própria cooperativa. A plataforma de teleatendimento permitiu a manutenção dos trabalhos e reduziu o impacto financeiro e na saúde das pessoas decorrente da pandemia de Covid-19. Houve, inclusive, aumento de 30% na receita da cooperativa e redução de 100% no custo com consultório físico.

No entanto, os resultados obtidos não se restringiram a isso. Ao migrar dos atendimentos exclusivamente presenciais para a telessaúde, a Unifop e os profissionais a ela associados conseguiram ampliar a área de atuação. Afinal, com o atendimento a distância não haveria mais restrições relacionadas ao deslocamento das pessoas até os consultórios. Este é um benefício mútuo, que agrega valor à cooperativa e também melhora a vida dos pacientes, que têm mais comodidade para realizar suas consultas. Prova disso é o índice de 100% de satisfação dos pacientes com os atendimentos por videoconferência.

A tecnologia também proporcionou mais facilidade para o agendamento de consultas, possibilitando aos funcionários da cooperativa o acompanhamento das agendas de todos os profissionais, a gestão dos documentos dos pacientes e dos profissionais cooperados, sempre com segurança e privacidade dos dados. Além disso, os cancelamentos de consultas caíram cerca de 50%.

PRÓXIMAS INICIATIVAS

Ao olhar para o futuro, a iniciativa de telessaúde da Unifop vislumbra a ampliação da quantidade de pacientes devido ao aumento da área de atendimento proporcionada pela eliminação das barreiras relacionadas à distância para os consultórios.

Também está no horizonte a otimização do atendimento, com acesso rápido a especialistas no caso de emergências, uso mais racional de recursos, redução de exposição a infecções, aumento da cooperação e integração entre profissionais com o compartilhamento de registros clínicos.

Contato do responsável:

Jociane Coutinho

presidente da Unifop

unifop@hotmail.com

Conteúdo desenvolvido
em parceria com

Coonecta