Voltar
Radar da inovação

Smart: plataforma cooperativa para autônomos

Com estruturas e serviços compartilhados, cooperativa está presente em 9 países europeus, conta com 35 mil associados e movimenta mais de 200 milhões de euros por ano

27/07/2021
Nome da Cooperativa:Smart Coopérative
Ramo:Trabalho Produção de Bens e Serviços
Região:Internacional
Palavras-chave:ecossistema de inovação, Inovação organizacional, cooperativismo de plataforma, inovação no modelo de negócio, cooptechs
Resumo:

Cooperativa de plataforma que nasceu como associação sem fins lucrativos, em 1998, na Bélgica, conta, atualmente, com mais de 35 mil trabalhadores autônomos como associados e está presente em 40 cidades de 9 países europeus. Iniciativa oferece estrutura compartilhada de serviços para apoiar a atividade profissional de trabalhadores independentes.

CONTEXTO

Antes de se tornar uma plataforma cooperativa, em 2016, a Smart era uma associação de trabalhadores autônomos. Estes trabalhadores não encontravam representatividade e, com isso, enfrentavam dificuldades diversas relacionadas à sua atuação.

Ou seja, eles arcavam com altos custos e obstáculos decorrentes de obrigações fiscais e regulatórias. Dentre elas, a falta de uma estrutura de apoio para realização de declarações sociais e fiscais decorrentes das atividades, cálculo e pagamento das contribuições para a seguridade social e pagamento de impostos diversos.

Da mesma forma, precisavam arcar por conta própria com custos eventuais resultantes de assessorias, formação profissional e uso de ferramentas ligadas ao negócio, como gestão administrativa, escritórios jurídicos, profissionais de contabilidade e consultores tributários, analistas financeiros, dentre outros.

DESAFIOS

O desafio principal e que representa a missão da Smart é a criação de uma estrutura que possibilite aos trabalhadores exercer suas atividades profissionais com o suporte de serviços compartilhados, além de apoio à função social que exercem enquanto empreendedores.

No aspecto operacional, os desafios estão relacionados à prospecção e negociação com clientes, contratação de profissionais, regulamentação tributária e fiscal, pagamentos de fornecedores em até sete dias úteis após a conclusão dos trabalhos.

DESENVOLVIMENTO

Fundada como associação em 1998 e transformada em cooperativa de plataforma em 2016, a Smart proporciona aos trabalhadores a tranquilidade de desenvolver suas atividades profissionais sem precisar se preocupar com uma série de obrigações relacionadas a questões trabalhistas, administrativas, tributárias e fiscais etc.

Dentre os serviços compartilhados oferecidos pela Smart estão: aconselhamento e informação, suporte legal e administrativo, investimentos e finanças, espaços compartilhados de trabalho e treinamentos.

Assim, enquanto os trabalhadores se concentram em encontrar clientes e oportunidades de trabalho, a plataforma se dedica a fazer todas as declarações sociais necessárias, além do pagamento de taxas decorrentes das atividades, faz os respectivos cálculos de seguridade social, além de efetuar os pagamentos dentro de até sete dias úteis.

Com esse posicionamento, a Smart atende a todos os trabalhadores que prestam serviços, se declarando como uma cooperativa que defende a diversidade de práticas de trabalho, de profissões e de perfis sócio-econômicos.

Isso porque a cooperativa afirma ser um projeto com uma dimensão política e dedicada à transformação social. Para tanto, posiciona os autônomos como agentes criadores de valores sociais e econômicos. Logo, a Smart procura garantir segurança social para essas pessoas.

Seguindo os princípios do cooperativismo, a Smart defende a democracia, igualdade, equidade e solidariedade. Todos os membros são associados, há governança participativa e cada associado conta um voto.

RESULTADOS

Com apenas 5 anos de atuação como plataforma cooperativa, a Smart entende que a iniciativa tem sido um sucesso, pois atende a cerca de 35 mil cooperados atualmente, sendo que cerca de 120 mil autônomos já foram, em algum momento, associados da Smart.

Em 2019, a cooperativa gerou um volume de negócios da ordem de 200 milhões de euros.

A Smart está presente, inclusive com escritórios disponíveis aos seus membros, em cerca de 40 cidades de 9 países da Europa: Bélgica, França, Holanda, Hungria, Espanha, Itália, Alemanha, Áustria e Suécia.


PRÓXIMAS INICIATIVAS

Desde 2020, a Smart vem trabalhando e vai continuar fomentando seu desenvolvimento internacional de duas formas:

  • Por meio de iniciativas e parcerias em países fora da Europa, nas quais os líderes de projeto entram em contato com a Smart para aprender o modelo e replicá-lo. Nos últimos anos, houve iniciativas em países como Austrália, Canadá, Estados Unidos, Marrocos, Finlândia, Inglaterra, Chile, Coréia do Sul, entre outros.
  • Em cinco países (Espanha, Itália, Suécia, Áustria, Alemanha), a Smart é parceira fundadora de uma empresa de economia social que permite aos trabalhadores independentes desenvolverem a sua atividade num ambiente seguro. Esses parceiros iniciaram a Smart em seu país com o setor criativo e buscam desenvolver com outros públicos. O desafio para essas estruturas continua a ser encontrar, até o final de 2023, o modelo econômico certo que leve em consideração a dimensão social do projeto.

Contato do responsável:

Maxime Dechesne

CEO da Smart

smartinprogress@smart.coop

Conteúdo desenvolvido
em parceria com

Coonecta