Voltar
Radar da inovação

Coopercitrus Campo Digital: aplicativo leva tecnologias a produtores rurais

Pelo celular ou computador, produtor rural pode solicitar serviços de tecnologia agrícola da Coopercitrus diretamente para sua propriedade, de forma simples e prática

11/01/2021
Nome da Cooperativa:Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais
Ramo:Agropecuário
Região:Sudeste
Palavras-chave:Inovação de processo, transformação digital, T.I., Experiência do usuário
Resumo:

A Coopercitrus, eleita a 5ª organização mais tecnológica do agronegócio brasileiro, lançou o aplicativo Campo Digital, no qual seus cooperados podem solicitar e acompanhar diversos serviços. Além de melhorar a experiência do associado na contratação de serviços, o aplicativo ajuda a difundir tecnologias para os produtos rurais, ampliando a transformação digital no agronegócio local.

CONTEXTO

Fundada em 1976, em Bebedouro (SP), a Coopercitrus Cooperativa de Produtores Rurais é considerada uma das maiores cooperativas do Brasil no fornecimento de insumos, máquinas, implementos e assistência. São mais de 37 mil associados, com unidades de negócios em mais de 60 municípios, nos estados de São Paulo, Goiás e Minas Gerais.

A cooperativa foi eleita uma das 150 organizações mais inovadoras do Brasil e a 5ª mais tecnológica do agronegócio, segundo o Anuário Valor Inovação 2020. Portanto, a Coopercitrus acompanha de perto os avanços tecnológicos e entendeu que, para avançar na transformação digital, precisava usar a tecnologia para ampliar o atendimento e o suporte para melhorar a produção rural dos seus cooperados.

Por isso, resolveu desenvolver o aplicativo Coopercitrus Campo Digital, que reúne informações importantes para o dia a dia no campo e disponibiliza todos os serviços de tecnologias agrícolas da cooperativa.

Segundo Marcelo Henrique Bassi, superintendente de Tecnologia Agrícola da Coopercitrus, antes não havia um local que agrupasse todos os serviços e soluções da cooperativa. A implantação do aplicativo vem para melhorar a interação dos cooperados e o fluxo de contratação e acompanhamento dos serviços.

DESAFIOS

A transformação digital está cada vez mais presente na atividade agropecuária e a Coopercitrus não poderia ficar para trás. Era preciso acompanhar e participar de tal movimento.

Marcelo Bassi conta que “o maior desafio é estar no limite da tecnologia, pois os programadores dos nossos parceiros sabem programar mas não entendem a fundo os requisitos do campo. Traduzir isso de forma eficaz foi e continua sendo um bom desafio”, afirma o superintendente.

Além de entender toda a dinâmica do mercado agro, também é preciso entender as evoluções da tecnologia. “Todo dia aparece uma solução nova, por isso temos que tomar muito cuidado para a solução não ficar obsoleta", comenta Bassi.

DESENVOLVIMENTO

Todo o desenvolvimento do aplicativo Coopercitrus Campo Digital ocorreu dentro da área técnica de Tecnologia da Informação (TI) da cooperativa com apoio de parceiros, da área de Agricultura de Precisão e do Departamento de Tecnologia Agrícola.

O aplicativo, lançado em agosto de 2020, é grátis e pode ser acessado pelo cooperado via celular, tablet ou computador. Com ele, o produtor pode solicitar a tecnologia ideal para sua lavoura, como serviço de correção de solo, mapeamento de área georreferenciado por satélite ou Vant, soluções que melhoram o plantio, entre outras.

Foi desenvolvido um menu de serviços ao produtor rural (veja a lista abaixo), que pode conhecer melhor sobre cada solução e solicitar a tecnologia ideal para sua propriedade. Basta especificar alguns detalhes como a localização da propriedade, a área e a cultura. Rapidamente, a equipe da Coopercitrus processa o pedido e agenda a operação. Toda a solicitação e os resultados também podem ser acompanhados através do aplicativo.

"O Coopercitrus Campo Digital foi mais uma maneira que encontramos de manter um diálogo direto e transparente com o produtor, que agora tem autonomia para solicitar os produtos e serviços de tecnologia e acompanhar o passo a passo de cada solicitação", explica o gerente de Agricultura de Precisão da cooperativa, Tiago Aleixo.

No app, o cooperado encontra os seguintes serviços:

  • Geofert - Serviço de amostragem de solo georreferenciada para identificar as características e a variabilidade de solo em cada região da propriedade para promover uma correção mais eficiente, melhorar a gestão de insumos e aumentar o potencial produtivo por área.
  • Spray Drone - Pulverização localizada por meio de drone, que aplica os defensivos no local exato das infestações de plantas daninhas, utilizando dados de mapeamento georreferenciado.
  • GeoCoopercitrus Vant - Serviço focado na sistematização de plantio através de imagens geradas por Vant (veículo aéreo não tripulado). Através de um voo pela propriedade, o Vant capta imagens aéreas georreferenciadas, gerando mapas e ortomosaico de alta definição.
  • GeoCoopercitrus Satélite - Monitoramento via satélite, que permite ao produtor ter uma visão ampla, de cima, para acompanhar todos os detalhes de sua propriedade. Com algoritmos específicos, ele reúne informações geoespaciais e gera mapas temáticos.
  • Aplicação de corretivos - O serviço de correção de solo faz a aplicação de insumos a taxa variável ou fixa na propriedade, garantindo uma gestão inteligente dos insumos.
  • Máquina de Replantio - Após um mapeamento georreferenciado que identifica as falhas, a Máquina de Replantio escava, com precisão e agilidade, as valas para receber novas mudas, economizando mão de obra e dispensando os investimentos com equipamentos.
  • Agroflux - Faz a medição rápida e precisa do fluxo dos bicos de pulverização de forma prática e simples. O equipamento é portátil e se adapta a todos os modelos, levando apenas 5 segundos para fazer a leitura. Os dados das medições são enviados para o celular, gerando relatórios que contribuem com uma pulverização mais eficaz.
  • Fert Control - Garante a correta distribuição dos insumos e pode ser acoplado a qualquer distribuidor de fertilizantes e recebe os comandos direto do celular.
  • Precision Planting - Transforma uma plantadeira tradicional em uma solução para aperfeiçoar o plantio com precisão, depositando a semente com exatidão e no espaçamento ideal para cada planta se desenvolver com perfeição.

Marcelo Henrique Bassi, superintendente de Tecnologia Agrícola da Coopercitrus, explica que alguns desses serviços já são comuns no mercado, porém são adaptados pela cooperativa às necessidades de cada cultura, além de ter a maior equipe em agricultura de precisão do Brasil integrada a uma rede de mais de 300 agrônomos que fazem a interface agronômica. “Ou seja, não é simplesmente entregar um serviço. A entrega acontece em todo o ciclo de cada cultura”, afirma.

No caso das imagens de satélite, os serviços foram desenvolvidos na Coopercitrus como solução única no mercado. Além disso, o Precision Planting, que é uma solução global de uma multinacional, teve adaptações em sua programação que foram desenvolvidas na cooperativa, entregando uma solução diferenciada ao mercado.

RESULTADOS

O superintendente de Tecnologia Agrícola da Coopercitrus, Marcelo Henrique Bassi, afirma que, como se trata de um projeto com pouco tempo de vida, os resultados ainda não são mensuráveis.

Mas ele destaca que o aplicativo já apresenta alguns benefícios imediatos:

  • tem evitado erros de contratação dos serviços;
  • otimiza o fluxo de contratação e acompanhamento dos serviços, encurtando etapas;
  • trouxe maior visibilidade à gama de serviços oferecidos aos cooperados;
  • melhora a experiência dos cooperados em ambiente digital.

Em relação à experiência dos cooperados, a Coopercitrus obteve o relato de um dos primeiros produtores a utilizar o aplicativo, o engenheiro agrônomo, cafeicultor e pecuarista Klinger Brentini Branquinho:

"O que mais gostei no aplicativo foi o acesso fácil aos serviços de tecnologia agrícola, além do cadastramento e da localização de propriedade fácil e rápida, tudo pelo celular. Eu solicitei um mapeamento georreferenciado para as áreas de café, para poder melhorar o alinhamento do plantio, a sulcação e o projeto de irrigação. A iniciativa da Coopercitrus foi interessante, mostrando uma nova forma de nos relacionarmos. Antes era tudo presencial e hoje as tecnologias nos ajudam a manter o contato", opina o agricultor.

PRÓXIMAS INICIATIVAS

Passada a fase de lançamento, agora a cooperativa se concentrará na segunda fase, na qual estão previstos algoritmos para interpretação de imagens, emissão de boletos e acompanhamento de diversas atividades do cooperado junto à cooperativa.

Embora atrativos, nem sempre os aplicativos chegam a todos os cooperados. “As tecnologias são novas, e a adoção no campo é um pouco lenta, até porque muitos dos produtores não conhecem muitas das soluções”, explica Bassi. Por isso, a cooperativa também fará esforços para aumentar a penetração do seu aplicativo entre os associados.

Contato do responsável:

Marcelo Henrique Bassi

superintendente de Tecnologia Agrícola da Coopercitrus marcelo.bassi@coopercitrus.com.br

Conteúdo desenvolvido
em parceria com

Coonecta