Voltar
Radar da inovação

Cooperja: investimentos em pesquisa e transferência de tecnologia para cooperados

Criação de eventos que marcam o início da colheita de arroz geraram R$ 2,5 milhões em negócios, proporcionaram desenvolvimento e transferência de tecnologia, com envolvimento de autoridades e entidades setoriais


31/01/2021
Nome da Cooperativa:Cooperja
Ramo:Agropecuário
Região:Sul
Palavras-chave:Inovação organizacional, marketing, Experiência do usuário
Resumo:

Criação de eventos paralelos, batizados de 1ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz e 1º Fórum do Arroz, dentro da 15ª edição do Campo Agro Acelerador. A finalidade era apresentar tecnologias do agronegócio e reforçar o posicionamento institucional, jogando luz sobre a atuação da Cooperativa Agroindustrial Cooperja e promovendo transferência de conhecimento e tecnologias para os cooperados. Com isso, a cooperativa conseguiu reunir a atenção de autoridades, produtores e entidades em torno de temas de relevância para o cultivo, a comercialização e até mesmo a exportação de arroz.

CONTEXTO

A apresentação das tecnologias desenvolvidas e adquiridas pela cooperativa para o cultivo de suas culturas de atuação - arroz e maracujá - era feita de forma segmentada ao longo do ano. Assim, a cooperativa realizava pequenos eventos de forma isolada e para públicos muito restritos e compostos apenas por trabalhadores do campo. Eram palestras técnicas em tendas montadas no campo para exposição de atividades do setor da agricultura familiar.

Então, o foco dessas iniciativas estava voltado para demonstrações práticas de uso de máquinas e equipamentos agrícolas. Com isso, embora os objetivos técnicos fossem plenamente alcançados, havia pouco ganho significativo para a região como um todo.

Assim, surgiu a ideia de realizar um evento para a abertura da colheita estadual, com fóruns que proporcionassem a valorização da cultura da região, a divulgação do trabalho dos associados da cooperativa e disseminação das tecnologias utilizadas. Além disso, a expectativa era de que um evento de grande porte pudesse ajudar a desenvolver a região por meio da injeção de recursos econômicos e apoio técnico.

Um dos grandes objetivos do evento é atuar como uma plataforma para disseminação de conhecimento, técnicas e tecnologias para os cooperados, contribuindo com seu desenvolvimento e produtividade.

DESAFIOS

O principal desafio enfrentado pela iniciativa era aumentar a exposição para suas atividades de pesquisa e desenvolvimento e a disseminação de conhecimento técnico para os associados, além de gerar visibilidade junto a autoridades e entidades setoriais.

Também configurava um desafio promover a transferência de conhecimento técnico, novas tecnologias, tendências do futuro do agronegócio, além de tornar a atividade dos associados mais diversificada, rentável e sustentável, com ganhos em qualidade de vida e promoção da conexão do jovem com o campo.

Com relação a questões operacionais, o desafio é administrar questões climáticas, pois o evento é, na prática, uma escola a céu aberto, estando sujeito ao regime de chuvas antes e durante sua realização.

DESENVOLVIMENTO

Dentre as principais premissas do evento estava a crença de que a realização de um evento de grande porte para promoção da abertura da colheita estadual pudesse trazer visibilidade para os trabalhos de pesquisa desenvolvidos pela cooperativa. Ou seja, proporcionar efetiva transferência de informações técnicas e, assim, fortalecer o potencial do agronegócio. Então, para que este efeito pudesse ser alcançado, um dos primeiros passos da Cooperja foi promover o envolvimento da maior quantidade de players do mercado.

Assim, a Cooperja atuou na atração de associados, produtores, visitantes, instituições de pesquisa e empresas parceiras. Além disso, houve também uma frente de captação de recursos para a realização do evento. Esta etapa iniciou com a venda das chamadas vitrines tecnológicas para as empresas participantes. Por outro lado, o Sescoop/SC também aportou recursos para compra de materiais, realização de palestras e prestação de serviços.

Também foram captados recursos junto a instituições e empresas apoiadoras no formato de patrocínio. Por fim, após a realização do evento e a coleta de dados para pesquisa, os alimentos produzidos no campo por ocasião das apresentações são vendidos e contribuem com a arrecadação relacionada à iniciativa.

Para tornar o evento atrativo ao mercado, foi realizado um debate na cerimônia de abertura da colheita e do evento que contou com a presença de autoridades e técnicos. A intenção foi trazer reconhecimento ao trabalho realizado pelos produtores associados e também possibilitar a implementação de novas tecnologias e o investimento em pesquisa.

Assim, foi desenvolvida uma programação de fóruns e debates sobre mercado, exportação, técnicas de cultivo, ganho de produtividade e desenvolvimento de novos mercados.

RESULTADOS

Com o reforço na divulgação do evento, a quantidade de visitantes subiu de 3 mil para 5 mil; da mesma forma, houve aumento na quantidade de empresas participantes, de 60 para 80; os novos eventos promoveram a realização inédita de três fóruns; por fim, houve um crescimento substancial nos valores negociados durante o evento, de R$ 412,8 mil para R$ 2,5 milhões.

Além disso, foram beneficiados pelo case todas as empresas que participaram de seu desenvolvimento. E os cooperados, por sua vez, tiveram a oportunidade de adquirir informações sobre o agronegócio que vão impactar diretamente em suas atividades, com ganho de diversificação, rentabilidade, sustentabilidade e produtividade.

PRÓXIMAS INICIATIVAS

Devido ao sucesso obtido nesta primeira edição da Abertura Oficial da Colheita do Arroz e do Fórum do Arroz, a intenção é repetir a experiência na próxima edição do Agro Acelerador, com ampliação na quantidade de pessoas envolvidas e impactadas, além de incremento nos números negociados.

Contato do responsável:

Guilherme Homem Alexandrino

gerente de marketing da Cooperativa Agroindustrial Cooperja

guilherme.homem@cooperja.com.br

marketing@cooperja.com.br

Conteúdo desenvolvido
em parceria com

Coonecta