Fique por dentro

Como a integração de equipes e organizações pode acelerar a inovação

A união e a colaboração dão vida a novas ideias e iniciativas inovadoras

GESTÃO DA INOVAÇÃO06/06/20249 minutos de leitura

A inovação não nasce somente da criatividade, mas sim da construção coletiva - seja pelo entrosamento de equipes em uma mesma cooperativa ou até entre instituições diferentes. Unir forças com outros times é uma ótima maneira de desenvolver alguma iniciativa que muitas vezes não poderia ser criada isoladamente.

A intercooperação é um dos sete princípios do cooperativismo e se baseia em formar alianças visando a prosperidade de ambas as organizações - e da comunidade também! Até porque duas cabeças pensam melhor que uma, certo? Além disso, a inovação aberta com outras organizações, como startups e institutos de pesquisa, pode viabilizar projetos e dar origem a novas ideias.

Neste artigo, vamos mostrar algumas táticas para integrar equipes e unir organizações a fim de solucionar problemas comuns, sempre visando construir cooperativas mais inovadoras. Boa leitura!

Mantenha as áreas da cooperativa integradas

Já passou o tempo em que os setores de uma organização operavam de forma independente e isolada. Adotar uma gestão integrada, ou seja, estimular a unificação dos setores da cooperativa, é muito importante para aproximar os colaboradores e fomentar a comunicação.

Trabalhar com sistemas inteligentes que reúnam todos os dados e processos da organização ou criar espaços de trabalho compartilhados entre áreas são formas de aplicar a integração nas cooperativas. Muitas vezes as áreas têm demandas em comum que podem ser resolvidas em conjunto, mas a falta de comunicação interna isola as equipes.

Estimulando a aproximação dos setores por demandas comuns, a cooperativa incentiva a troca de ideias entre colaboradores e cooperados, aumentando a chance do surgimento de uma solução inovadora. Existem algumas técnicas que podem ser adotadas pensando em incentivar a colaboração.

A ideação em grupo, por exemplo, é um dos pilares do design thinking, e funciona a partir da união de profissionais de diferentes áreas para a criação de um projeto ou ideia. Essa iniciativa se baseia em sessões de brainstorming, realização de workshops, alinhamento e organização dos times, buscando atiçar a criatividade.

Plataformas para incentivar a integração de equipes

Outra estratégia para estimular a colaboração é a adoção de recursos tecnológicos. Seja no modelo de trabalho presencial ou até a distância, algumas plataformas são grandes aliadas para garantir o entrosamento entre as equipes. Eis algumas delas:

Microsoft Teams: promove a interação dos colaboradores por meio de chats, reuniões virtuais, agendamento de tarefas e coparticipação em documentos e arquivos.

• Slack: facilita a comunicação instantânea entre a equipe, com funções como mensagens diretas, integrações com outras ferramentas e canais de comunicação específicos por tópico/projeto.

Google Workspace: o pacote de aplicativos proporciona uma experiência integrada entre os funcionários, com recursos como planilhas, documentos, apresentações, vídeo chamadas e mensagens por chats.

Monday.com: focada em gestão de trabalho e colaboração com quadros visuais, calendário e comunicação integrada, relatórios e análises, organização de tarefas e dashboards personalizados.

Jira Software: conjunto de ferramentas que trabalham no modelo de metodologia ágil, como Jira Software, Jira Service Management, Jira Work Management e Jira Align.

MIRO: ajuda no processo de cocriação, com a opção de realizar mapas mentais compartilhados para planejar projetos, criar cronogramas, desenvolver estratégias e até fazer brainstormings.

Fomente o intraempreendedorismo

Incentivar a inovação é uma iniciativa que deve ser direcionada a todos os colaboradores da cooperativa. Qualquer funcionário pode ser um agente transformador e, por isso, a inovação não pode ser restrita a uma determinada área ou cargo. Para além da integração de equipe, implantar a transversalidade na organização - ou seja, encorajar a inovação em todos os times - é essencial para garantir que todos os funcionários se sintam motivados a terem ideias inovadoras.

Construir uma cultura de inovação na cooperativa é outra tática essencial visando a busca pela inovação. Pouco adianta uma equipe entrosada se os profissionais não entendem a importância de inovar. Criar um ambiente aberto para novas ideias, acabar com o medo de errar dos colaboradores, estar atento às tendências e oferecer workshops que encorajem a criatividade são algumas estratégias que podem ser adotadas para fortalecer a cultura de inovação nas cooperativas.

Oferecer treinamentos que possam agregar conhecimentos, fomentar a criatividade e explicar a importância da inovação é essencial para impulsionar os colaboradores em direção à solução inovadora. O CapacitaCoop, do Sistema OCB, está recheado de cursos voltados para cooperativas, com conteúdos que podem ajudar a desenvolver equipes ainda mais integradas à cultura da inovação.

Concursos de inovação e treinamentos

Trabalhar com concursos de inovação é também uma maneira descontraída de incentivar a criatividade. Oferecer prêmios em troca de ideias inovadoras é um modo de estimular os colaboradores de forma dinâmica. O Sistema OCB/GO premia os vencedores de seu desafio de inovação, por exemplo.

O concurso pode ser aberto apenas para funcionários ou para outras instituições, visando uma parceria externa.

Faça parte de um ecossistema de inovação

Estar próximo de empreendedores inovadores, como startups, é fundamental para criar um ecossistema de inovação na sua cooperativa. A proximidade de organizações que valorizam tendências e estão por dentro das novidades, pode levar a onda de inovação até a sua cooperativa também.

Participar de eventos que discutam a inovação também é uma maneira de ficar por dentro das novidades. Além de promover o networking, trocar experiências e ideias pode ser uma ótima inspiração para projetos na sua organização.

O Congresso Brasileiro de Cooperativismo (CBC) é a maior conferência cooperativista do mundo e decide as tendências do ramo nos próximos anos. O World Coop Management (WCM) é outro grande encontro cooperativista, que é dividido em espaços como o Palco Mundo, Espaço Futuro (Cooptech Summit), Espaço Pessoas (HR Coop Conference) e Espaço Saber, que juntos abordam o universo cooperativista como um todo.

Já outros eventos são direcionados a um nicho específico, como o Cooptech Crédito, que aborda tópicos de interesse das cooperativas de crédito.

Inovação aberta e integração com startups

Nas últimas décadas, as startups têm ganhado destaque na economia. E por que não unir forças com elas? A simbiose entre startups e cooperativas, chamada de inovação aberta, é um modelo de parceria que busca favorecer ambas as partes.

Para negócios que estão começando, é fundamental explorar o mercado em busca de novas aliadas para desenvolver suas soluções e colocá-las no mercado. Já para cooperativas, trabalhar com startups agrega agilidade, dinamismo e modernidade. Manter negócios jovens por perto auxilia na instauração da cultura de inovação.

Ecossistema de inovação

Ter um sistema com elementos para além da cooperativa, como parcerias com faculdades, startups e centros de pesquisa, cria um ambiente propício para o surgimento de novas ideias, empreendedorismo e até negócios. O chamado ecossistema de inovação transforma ambientes em polos criativos e impulsiona o resultado das cooperativas e de suas parceiras, além de promover novos talentos.

Tendo em vista a importância de cursos e treinamentos discutidos anteriormente, ter parcerias com faculdades pode ser muito útil nesse quesito. Isso porque uma aliança com centros de estudos muitas vezes reflete em descontos para os funcionários. Além disso, uma parceria com espaços de pesquisa pode resultar na criação de materiais de estudo próprios da cooperativa.

Estimule a diversidade e inclusão

Como visto anteriormente, eliminar o medo de errar que muitos colaboradores têm é fundamental para abrir espaço para inovação. Muitos funcionários se sentem inibidos de expressar suas ideias por receio de que não sejam bem aceitas ou não sejam “boas o suficiente”.

Portanto, criar um ambiente acolhedor onde todos se sintam confortáveis para se expressar é essencial para incentivar a inovação. Construir um espaço de trabalho diverso e inclusivo, onde as pessoas possam ser elas mesmas, abre liberdade para o compartilhamento de ideias e pensamentos. Segundo o Global Recruiting Trends, do Linkedin, o sentimento de pertencimento dá a segurança psicológica que permite que cada colaborador dê o seu melhor.

Benefícios de uma coop mais diversa

Promover a inclusão nas equipes traz benefícios que vão além de um espaço de trabalho mais saudável. Um time composto por pessoas diversas significa um conjunto de perspectivas e experiências diferentes também. Por isso, a diversidade acaba enriquecendo a equipe.

Um ambiente com pluralidade de pensamentos e visões de mundo pode aflorar ao máximo o potencial inovador dos colaboradores. Uma pesquisa da McKinsey apontou que negócios que se preocupam com diversidade de gênero são 21% mais lucrativos.

Aproveite o potencial da intercooperação

Sendo o sexto princípio do cooperativismo, a intercooperação é fundamental para o crescimento das cooperativas - e da inovação dentro delas! Compartilhar recursos e soluções entre organizações é uma ótima maneira de desenvolver iniciativas inovadoras.

Caso uma integração presencial não seja viável, é possível recorrer à intercooperação digital. Com o avanço de novas tecnologias e plataformas, citadas anteriormente, torna-se viável garantir o entrosamento entre cooperativas à distância.

15° Congresso Brasileiro do Cooperativismo

A intercooperação foi um dos tópicos abordados do 15° CBC (Congresso Brasileiro do Cooperativismo), cujo tema foi “Projetando um Futuro Mais Coop”. No evento, a intercooperação foi votada como uma das diretrizes estratégicas prioritárias para fomentar a inovação.

Mais especificamente, a conduta incentiva “promover a prática da intercooperação como ferramenta para potencializar a inovação e reduzir custos com tecnologias nas cooperativas”. Isso porque a iniciativa promove uma troca de ideias e uma colaboração em projetos que maximizam as possibilidades do surgimento da inovação.

Conclusão: o poder da integração de equipes e organizações

Gerar a integração de equipes é uma tática benéfica na busca por inovação. Inovar não pode estar ligado a apenas um cargo ou área, e sim ser uma cultura enraizada em toda a cooperativa. No final do dia, todos temos um objetivo comum: criar um cooperativismo cada vez mais inovador!

Tendo em vista a importância de unir colaboradores para idealizar iniciativas inovadoras, o InovaCoop desenvolveu um curso sobre Cocriação. Nele você vai aprender a estimular o processo criativo em grupo e gerar a colaboração das equipes. Até porque inovar e cooperar andam lado a lado!

Conteúdo desenvolvido
em parceria com

Coonecta